Energia solar para todos: preços caem 30% em 2018

As altas tarifas das distribuidoras e a possibilidade da venda direta de sistemas solares no modelo “Just in Time” ajudaram a despertar o interesse do consumidor em gerar a própria energia. Isso contribuiu para que o valor de projetos de geração distribuída tivessem uma redução significativa nos preços no último ano. O valor dos equipamentos caiu 30% devido ao aumento da competitividade no mercado Chinês, enquanto o serviço de instalação teve redução de quase 40% aqui no Brasil.

O levantamento foi feito pelo Portal Solar, maior marketplace especializado em energia solar do Brasil. No modelo de venda direta, o cliente final paga o equipamento para o Portal Solar e o serviço de engenharia e instalação para a empresa instaladora. “A vantagem desse sistema de cobrança é que não ocorre tributação dupla do equipamento e permite que as instaladoras possam operar sem estoque no modelo “Just in Time””, explica Rodolfo Meyer, CEO do Portal Solar.

“Além disso, constatamos que o interesse do consumidor em sistemas fotovoltaicos dobrou nos últimos 12 meses e, portanto, o número de instalações também aumentou consideravelmente, o que contribuiu para a queda dos preços”, reforça o executivo.  No mês de novembro, o site realizou uma grande oferta em todos os produtos, uma espécie de “Black Friday”, em que os equipamentos e sistemas das mais de 7 mil empresas cadastradas no marketplace estavam com preços mais atrativos. “O volume de vendas foi tão grande que o estoque de alguns produtos chegou a acabar antes do fim da promoção”. Agora em Dezembro, começam as promoções de Natal com foco em painéis de alta eficiência (Painéis Solares da marca Q Cells MONO-PERC com 365Wp)”, comenta Meyer.

Com foco no modelo Just in Time, o marketplace projeta fechar R$ 300 milhões em negócios de geração distribuída em 2019. O site oferece mais de 1.700 itens, incluindo milhares de opções de geradores fotovoltaicos (painéis solares), equipamentos de instalação, inversores, sistemas de bombeamento, entre outros.

O consumidor, seja pessoa física ou jurídica, ainda pode optar pelo financiamento oferecido pelo Portal Solar em parecia com a BV, marca de varejo do Banco Votorantim. O crédito é destinado à compra e instalação de sistemas fotovoltaicos, orçados entre 5 mil e 500 mil reais, com parcelas que variam de 12 a 60 vezes e taxas a partir de 0,99%.

Site: www.portalsolar.com.br